Domingo, 24 de Julho de 2011

NO FIO DA NAVALHA

Sempre se viveu no Fio da Navalha!

 

Numa determinada época alguns, demasiados, foram levados para além das experiências com o álcool e com as drogas, procuraram trips cada vez mais estimulantes, 'Lucy in the sky with diamonds', e, foram-se... da nossa rua!

Nos tempos que correm, a parada começa já muito cedo e alta, cresce rápida, chegar à loucura é só um passo, basta um pequeno passo, por vezes ainda um passo de quase uma criança e eles vão-se... de todo o lado...

O Fio da Navalha está muito mais afiado e quem já lá vive está muito menos preparado!

 

Mas há um grupo de gente genial na sua arte, pelo menos os conhecidos, na música, que no dizer de alguns pertencem a um clube e que para mais lhe chamam seleto pela ‘ComIncidência’ de terem falecido aos 27 anos de idade e todos em circunstâncias trágicas, resultado de vidas mal resolvidas, pressões que nem todos aguentam ou será que algo mais poderá motivar esta maldição?

Estes têm sido intemporais, não cabem na introdução a este artigo, ou antes, estão acima disso mesmo, já nasceram no Fio da Navalha pelo dom com que vêm ao mundo e não vieram preparados para isso.

 

Claro que o assunto vem a propósito de mais uma morte sem sentido, ou de uma vida sem sentido que levou à morte Amy Winehouse, fabulosa intérprete que se perdeu e a quem ninguém conseguiu deitar a mão.

Mais uma entre alguns dos mais distintos como:

Robert Johnson (bluesman guitarrista) em 1938

Johnny Kidd (vocalista dos Johnny Kidd & The Pirates), em 1966

Brian Jones (guitarrista dos Rolling Stones), em 1969

Alan Wilson (vocalista dos Canned Heat), 1970

Jimi Hendrix (guitarrista), 1970

Janis Joplin (cantora), 1970

Jim Morrison (vocalista dos The Doors) 1971

Brian Cole (baixista dos Associations), 1972

Ron “Pigpen” McKernan (tecladista dos Grateful Dead), 1973

Gary Thain (ex-integrante do Uriah Heep), 1975

Chris Bell (guitarrista do Big Star), 1978

Kurt Cobain (vocalista e guitarrista dos Nirvana), 1994

 

Robert Johnson (08/05/1911 – 16/08/1938)

Considerado por muitos o avô do rock n´roll, mesmo com o pouco tempo de vida, influenciou músicos como Jimi Hendrix, Bob Dylan e Eric Clapton. Este último dizia ter sido o mais importante intérprete de blues que já existiu.

Um mito popular conta que Johnson vendeu sua alma ao diabo na encruzilhada das rodovias 61 e 49 em Clarksdale, Mississippi, em troca da proeza para tocar guitarra. Este mito foi difundido principalmente por Son House, e ganhou força devido às letras de algumas de suas músicas, como "Crossroads blues”, que falava de uma encruzilhada e do seu encontro com o demônio.

Os músicos influenciados por ele seriam as vítimas da maldição. Quase sempre utilizadores de drogas e álcool, os músicos morreriam aos 27 anos devido a problemas relacionados com esses vícios.

 

Claro que esta lenda, não passa disso mesmo pois nem todos os músicos mencionados têm influências de Robert Johnson ou não será assim?

 

Esta dita maldição inclui lendas do rock na sua maioria, mas músicos de rap e R&B também podem ser encontrados nessa macabra coincidência.

 

O número 27 também tem um certo significado para a numerologia.

O 27 significa uma transição, a passagem para um próximo estágio da vida.

Ter 27 anos significa estar entrando na 3ª fase da vida, pois a vida muda de ciclo a cada 9 anos e isso significaria uma proximidade maior com Deus.

 

Mas recordemos as circunstâncias em que foram encontrados alguns deles:

- Em 1969, o ex-Rolling Stones Brian Jones foi encontrado no fundo de sua piscina e declarado morto por afogamento.

- Morto em 1970, também em Londres e sob circunstâncias nebulosas, Jimi Hendrix conquistou fama na década de 1960 ao mostrar seu talento com a guitarra, sendo considerado por muitos como um dos maiores guitarristas da história, foi encontrado no quarto do hotel onde estava
afogado pelo seu próprio vómito resultado de uma overdose.

- Uma das grandes cantoras de rock da década de 1960, conhecida por sua voz rouca e singular, a cantora norte-americana Janis Joplin também faleceu vítima de uma overdose de heroína.

- Em 1971, o compositor e cantor Jim Morrison, vocalista e líder da banda The Doors, também faleceu. Ele tinha suspendido a sua participação na banda e tentava dedicar-se a outras atividades. Foi encontrado morto num hotel em Paris, suicídio.

- Viciado em heroína, Gary Thain sofreu uma violenta descarga elétrica oriunda de seu baixo em Setembro de 1975, durante uma apresentação da sua banda, Uriah Heep, no Moody Coliseum, em Dallas. Depois disso, nunca mais se recuperou e acabou por ser encontrado morto na sua casa no dia 8 de dezembro do mesmo ano, pouco depois da sua saída compulsória do grupo devido ao seu exacerbado vício em drogas.

- Mais de duas décadas depois, também com 27 anos, Kurt Cobain, vocalista da banda de rock Nirvana, foi encontrado morto em sua casa, após dar um tiro de espingarda na cabeça. O cantor sofria de depressão e também utilizava drogas.

 

Muitos, a maioria, está por cá, vivos e recomendam-se, alguns mesmo depois de terem passado sérios problemas com as vicissitudes que lhes foram aparecendo na vida, estes comprovam que a tal da ‘maldição’ não será para levar tão a peito quanto isso ou o mistério é maior ainda?

 

Se todos nós vivemos, nem que seja por algum momento, no Fio da Navalha, imaginem estes colossos geniais que tantas emoções e vibrações nos dão, tornando possível irmos encontrar energias onde nem sonhamos que as podemos ter!

sinto-me: triste!
tou a curtir: Lucy in the Sky with Diamonds.The Beatles
tags:
publicado por FV às 17:03
| comentar

mais sobre mim

posts publicados

NO FIO DA NAVALHA

arquivo

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

comentários recentes

Esta auto-biografia pode ser a minha...faço copy p...
Gostei muito do seu texto e tomei a liberdade de o...

links

Os Meus Bloguios

Divulga também a tua página
planeta de artes e comunicação

Divulga também a tua página

as minhas fotos

pesquisar

 

subscrever feeds

grato pela visita


web site counter

tags

11set

2011

27

basta

bill

blues

boasfestas

burke

claudia

coroa

dirty

doce

enterrodoentrudo

era

exclusivo

felicidade

fiodanavalha

fome

francisco

free

garymoore

génio

interludio

knock

lennon

letras

mãe

música

nirvana

obama

pobre

polemicos

rem

ricoscrise

seres

show

vergonha

woman

todas as tags

(O direito de autor é reconhecido independentemente de registo, depósito ou qualquer outra formalidade artigo 12.º do CDADC. Lei 16/08 de 1/4) (A registar no Ministério da Cultura - Inspecção - Geral das Actividades Culturais I.G.A.C. - Processo n.º 2079/09)